Arquivos do Blog

..:: 100 Questions [s01x03] ::..

 

Cometário: s01x03

Você é romântica? Essa é a questão que Charlotte teve que responder para Andrew e de cara ela já começa dizendo que “Pode-se dizer que sou guiada pelo coração. E ele sempre acaba me ferrando”. E esse episódio mostrou direitinho como essa afirmação é totalmente verdadeira. Charlotte se interessa por um rapaz que ela considera ser super romântico e faz de tudo para que ele a note e assim ela cria inúmera situações que eram pra ser “espontâneas” mas foram pra lá de constrangedoras. Uma coisa bacana nesse episódio é que ele não ficou totalmente centrada na história de Charlotte, e os amigos tiveram um pouco mais de destaque com suas histórias paralelas. A pedido de Jill, Wayne se passa por bombeiro para as crianças da escola ( Jill professora é uma coisa difícil de acreditar, enfim..) mas logo ele é desmascarado. Foi engraçado ver que as crianças quiseram pro futuro o verdadeiro modo de viver de Wayne ( não trabalhar e dormir no sofá do amigo). Mas quem se destacou no episódio mesmo foi Mike e Leslie. Todas as tentativas (frustradas) pra assustar Leslie deixava Mike cada vez mais obcecado pela idéia. Fingir ser baleado, flagrar a avó da amiga pelada no banheiro, se passar por ladrão, enfim ele não estava disposto a desistir enquanto não conseguisse assustar Leslie. Tanto ele fez que conseguiu seu objetivo e a simples idéia de ter passado noite com Mike realmente assustou Leslie. Enquanto isso Charlotte descobre que seu possível príncipe encantado não é um cara tão romântico assim. Me impressionei de ver como a Charlotte é ingênua, mesmo vendo que aquela era a casa da ex dele e que ele a estava usando pra fazer ciúmes , ela por um momento achou que realmente tinha acabado a gasolina ali. Esse episódio não foi tão engraçado como o anterior mas tiveram cenas ótimas como a Charlotte de toalha, ela sendo derrubada com o livro e depois se assustando com o Mike no carro. E toda a missão de Mike para assustar Leslie também rendeu boas risadas. E assim chegamos à metade da temporada já que foram encomendados apenas 6 episódios para esta 1ª temporada.

Anúncios

..:: Persons Unknown ::..

Cometário: 1ªs Impressões

Nesse período de recessos de nossas séries mais queridas qualquer novidade desperta nossa atenção e com Persons Unknown isso não foi diferente. Mas será que a série vai preencher as expectativas e cativar o público?
Ainda é cedo pra dizer. Só digo que não foi um piloto empolgante, porém foi bem intrigante.
Comparações com os filmes Jogos Mortais, O Cubo ( não assisti então não sei dizer se tem a ver mesmo) e até com Lost foram alguns comentários que eu li dos amigos no Twitter.
Quanto a Jogos Mortais a própria sinopse já fazia uma comparação antes mesmo da estreia da série. Talvez me lembrou um pouco do 2º filme onde também um grupo de pessoas que não se conhecem e que a principio não tem nenhuma ligação em comum acordam num lugar sem saber como foram parar lá. Pra essa comparação ganhar mais força só faltou o sangue que na minha opinião deveria ter tido do piloto, nada melhor do que começar de uma maneira já chocante. Quero ver sangue na série!
Já com Lost em sinceramente não vi tantos motivos pra comparação. Semelhanças talvez no clima de mistério e nas milhares de perguntas sem respostas que brotaram nas nossas cabeças conforme o piloto ia avançando. Uma coisa que já me agradou de cara em Persons Unknown é que se trata de uma minissérie de apenas 13 episódios e sendo assim nós telespectadores não seremos enrolados por tanto tempo em busca das respostas.
Dos personagens pouco se sabe até agora. Os mais marcantes foram Joe que ao meu ver tomou uma postura de líder do grupo, a mãe que foi a única que vimos ser seqüestrada e aquela doida de roupão que tinha noção demais do que estava acontecendo ali principalmente na questão do remedinho que eles tem implantados na perna.
Surpresa ao ver que os 7 não estão sozinhos da cidade deserta, temos uns chineses e um gerente do hotel trabalhando para o “bem estar” do grupo.
A frase escrita no biscoitinho da sorte da mãe (ainda não decorei o nome) foi o que mais chamou a atenção : “”Mate seu vizinho e você sairá”.
Agora fica a pergunta no ar, qual será o limite de cada um, até que ponto eles seriam capazes de chegar para se ver livre daquela situação? O que eles ainda tem de enfrentar pela frente?
O piloto me deixou curiosa sobre como vai se desenrolar toda a história, ver que a mãe de umas das vitimas também está sendo vigiada por uma câmera me deixou intrigada. Agora é só esperar pra ver como a história evolui e saber que se trata de um enredo com começo, meio e fim (pelo menos em teoria) me deixa otimista em relação a série.


..:: Pretty Little Liars ::..

Cometário: ESTRÉIA

Descrita como uma mistura de “Gossip Girl” com  “Eu Sei o que Vocês Fizeram no Verão Passado” e também como uma versão para jovens de “Desperate Housewives”, Pretty Little Liars estreia hoje nos EUA na ABC Family. A série é baseada em uma série de livros de sucesso, escrita por Sara Shepard, que conta com oito publicações.
A história gira em torno de 4 meninas, Spencer (Troian Bellisario), Hanna (Ashley Benson), Aria (Lucy Hale) e Emily (Shay Mitchell) que se tornam amigas de Alison, a garota mais popular da escola.
As cinco se tornam amigas inseparaveis e elas escondem um segredo em comum (somente conhecido por Alison) que se revelado, ira implicar a todas.  Em um dia normal, Alison simplesmente desaparece e por causa deste segredo nenhuma delas fica realmente sentida com a perda.
As quatro demais amigas vão lentamente se afastando, pois Alison era a “cola” que as mantinham juntas.
Anos depois, cada uma das quatro amigas tem coisas diferentes acontecendo em suas vidas, assim como novos segredos que elas escondem de todos: Aria mantém uma relação com um de seus professores; Hanna passa o tempo roubando peças de roupas e acessórios em lojas famosas; Spencer mantém um caso com o namorado da irmã, e Emily se descobre  atraída por outra colega de classe.
As quatro voltam a se aproximar quando comecam a receber recados, emails, mensagens no celular de alguem que ve tudo, sabe de tudo e que se identifica apenas como “A”.


..:: Chuck [s03x16] ::..

Cometário: s03x16
Como de costume Chuck apresentou um bom episódio e essa semana a comédia foi colocada um pouco de lado e outros pontos foram explorados.
Estaria Chuck enlouquecendo? Essa foi a pergunta que ocupou boa parte do episódio e como conseqüência Chuck foi até parar em um manicômio .
O problema todo começou quando Chuck passa a ter pesadelos e começa a achar que estes pesadelos são uma espécie de avisos do Intersect e que podem se tornar reais. Assim ele tentou convencer ao pessoal da CIA que a vida do Presidente da Zamibia corria perigo mas obviamente ninguém o levou a sério. A General acabou mandando ele consultar um psiquiatra interpretado pelo ator Christopher Lloyd.
Não sei o que pensar dessa nova habilidade do Chuck e o diagnostico do Dr de que o Intersect pode estar sobrecarregando o cérebro dele e que pode deteriorar com o tempo foi preocupante.
Com essa situação toda de Chuck podemos ver um Casey preocupado, o que foi super fofo. Quem diria olhando lá no inicio da série que a relação deles fosse evoluir tanto. E finalmente pra alegria geral, Sarah disse o tão esperado “I Love You Chuck”
Foi legal ver a volta da Anna e mais legal ainda foi vê-la levando três tocos do Morgan. Dá pra acreditar? Morgan dispensou a Anna…Tomara que ela volte a participar pra ver no que vai dar essa história.
Ellie e Devon sempre tiveram pouco destaque na série. Devon ainda teve seus momentos mas Ellie sempre foi apagada mas agora ela finalmente vai ter uma história relevante.
Confesso que me irritei um pouco com a ingenuidade de Ellie em acreditar assim do nada em um estranho que diz ser da CIA. Todo mundo esconder de Ellie a verdade sobre a vida de Chuck pode custar caro. A Aliança se aproximou dela sem problemas e agora é uma questão de tempo até que Steve caia nas mãos deles.
Os pesadelos de Chuck levantou uma possibilidade que surpreende. Será que Shawn sobreviveu aos tiros de Chuck e ainda está vivo?
Tudo isso aumenta ainda mais a ansiedade para os episódios finais da temporada e a torcida pela renovação da série continua.


..:: Flash Forward [s01x11-12]

Flash Forward

Cometário: FlashForward s01x11 e s01x12

Depois de mais de 3 meses em hiatus (alguém sentiu falta??) FlashForward está de volta com um episódios duplo.
Antes de mais nada quero parabenizar aos que resistiram bravamente aos 10 episódios sofríveis até aqui e não abandonaram a série pelo caminho.
Mas uma coisa não se pode negar, esse episódio trouxe um pouquinho ( mas um pouquinho só) de esperanças de que finalmente a série vai engrenar e corresponder as expectativas que foram depositadas no inicio.
O episódio manteve um bom ritmo e trouxe algumas respostas como por exemplo a identidade do “Suspeito Zero”.
Contudo, a série tem que tomar cuidado pra não continuar cometendo os mesmos erros. Acho que todo mundo já tá careca de saber os flash forwards de cada personagem. OK, já entendemos que o Mark vai estar enchendo a cara no futuro, não precisa mostrar isso a cada 5 minutos. Tbm já entendemos que a mulher do Mark vai ter um rolo com o Lloyd, que o policial lá vai morrer, que a outra lá vai ficar grávida e assim por diante.
Ou seja, não tem necessidade de mostrar isso todo santo episódio. Já vimos e revimos as visões trocentas vezes, chega né.
Falando do episódio em si agora, a revelação de que o Simon é o “Suspeito Zero” causou uma certa surpresa, ou não. Eu pelo menos não tinha pensado nessa hipótese. E vimos que o tal anel tem sua importância em meio esse apagão afinal.
Simon aliás foi o destaque do episódio. Conhecemos um pouco mais da sua vida e sua personalidade, a maneira que ele foi observado desde os seus 13 anos devido ao seu QI elevado. E seu “tio” Teddy vulgo Flosso, nos esclareceu que os experimentos de Simon e Lloyd não foram os responsáveis pelo apagão apenas o amplificaram.
O pai de Simon foi morto a mando de Flosso, depois este mostra o corpo de seu mentor no porta malas do carro e por último ameaça matar a irmã de Simon. Isso foi a gota d’agua pra que Simon desse um fim a vida de Flosso.
Mark e Lloyd falando ao telefone durante seus flash forwards e Mark usando essa conversa pra descobrir o cativeiro de Lloyd foi interessante. E essa conversa nos deu mais uma revelação importante: “ Haverá outro apagão”